Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
O que é overtraining? Veja os riscos do excesso de exercícios físicos
O overtraining pode gerar vários problemas para a saúde - Foto: Shutterstock

Saúde

O que é overtraining? Saiba os riscos do excesso de exercícios físicos

Especialista explica as consequências do overtraining e as formas de prevenir e tratar o problema

A prática de atividade física é extremamente importante para melhorar a qualidade de vida. No entanto, apesar de todos os benefícios que ela pode oferecer à saúde, é importante tomar alguns cuidados para não acabar provocando o overtraining.

Essa expressão é utilizada para descrever a prática excessiva de exercícios físicos, sem descanso adequado. Segundo o personal trainer José Corbini, do aplicativo de saúde integrativa Personal Virtual, “esse processo é caracterizado pela diminuição de rendimento nos treinos, mas também pode causar sintomas físicos, cognitivos, fisiológicos e até mesmo psicológicos”. 

Assim, além de lesões, o indivíduo pode apresentar perda do seu condicionamento físico, fadiga crônica e aumento de frequência cardíaca em repouso. “Ou seja, a pessoa exagera no treino por acreditar que será melhor para alcançar seus objetivos, mas, na verdade, pode estar atrasando seu progresso, já que as consequências podem até mesmo afastá-las dos treinos por um período, dependendo da gravidade das lesões, por exemplo”, comenta.

Os riscos do overtraining ainda vão além, e podem prejudicar também o sono, o humor e até mesmo a imunidade. “Dependendo dos sintomas, não somente o treino pode ser comprometido, como também a vida pessoal e profissional”, complementa.

Como evitar?

Para evitar chegar a essa situação, é fundamental procurar um educador físico para acompanhar e programar os treinos. “Quando um professor vai elaborar um treino, leva diversos fatores em consideração: objetivo, rotina e o descanso, conforme a necessidade de cada um”, explica Corbini.

A partir do planejamento feito pelo profissional, reduzem-se os riscos de atingir o overtraining. “É claro que dar um feedback para os profissionais que te acompanham é importante, afinal, há fases em que estamos mais atarefados no trabalho ou em casa, e o cansaço pode ser mais intenso, contribuindo para a diminuição de rendimento em outras tarefas, como a academia”, pontua. 

Como tratar?

Se o exagero nos treinos está causando consequências, então é preciso diminuir a rotina de exercícios, muitas vezes, de forma drástica. “Nos casos mais graves, pode ocorrer a interrupção dos exercícios físicos e até mesmo de competições, até que a situação se amenize”, pondera o especialista.

“O quadro de overtraining é reversível quando não traz consequências graves, como lesões ou alterações hormonais. Por isso, é importante ter acompanhamento profissional, que envolve personal trainer, nutricionista e até mesmo fisioterapeuta e médico do esporte, em níveis mais avançados”, finaliza.

Mais notícias como essa

Saúde

Cobertores, casacos e blusas mal higienizadas podem provocar crises de rinite e outras alergias respiratórias

Amor e Sexo

Levantamento realizado pelo aplicativo de relacionamentos happn apontou as regiões do Brasil onde as pessoas dão os melhores beijos

Receitas

Ama um café coado quentinho de manhã? Então descubra como deixá-lo ainda mais perfeito com essas dicas simples

Comportamento

Psicanalista analisa estupro matrimonial exposto no “Casamento às Cegas” e explica os sinais desse tipo de violência dentro do relacionamento