Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Entenda melhor sobre a doação de sangue pet
Entenda melhor sobre a doação de sangue pet - Shutterstock

Pets

Doação de sangue pet: veja importância e cuidados necessários

Você sabe quais os critérios para saber se um pet pode fazer doação de sangue? Descubra aqui e saiba a importância da prática

Você sabia que, assim como os seres humanos, os cães e gatos também podem doar sangue e ajudar outros bichinhos que estejam precisando dele? Isso mesmo! Existem bancos de sangue que fazem essa coleta e armazenamento do sangue de animais doadores.

A doação de sangue pet é muito importante, uma vez que transfusões podem ser necessárias em casos de cirurgias, anemia, hemorragias, problemas de coagulação, entre outros. Segundo a médica-veterinária Carolina Soares Soeiro, a determinação de se um sangue será correto para um pet acontece de forma um pouco diferente do que no caso dos humanos.

“Em cães e gatos, não é realizado teste de tipagem sanguínea, pois os cães apresentam muitos tipos sanguíneos diferentes e o custo é muito alto. Então, só é realizado um teste, que se chama teste de compatibilidade sanguínea. Isso vai garantir que o sangue do doador seja compatível com o do receptor”, explica ela, que é docente do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário Max Planck (UniMAX).

Ademais, realizam-se exames prévios, para garantir que o animal doador não tenha alguma doença que possa comprometer a saúde do receptor.

Cuidados para a doação de sangue pet

Se você quer levar seu pet para doar sangue, é preciso saber algumas informações. A primeira é o local certo no qual isso deve ocorrer. De acordo com Carolina, o adequado é levar o bichinho sempre em laboratórios confiáveis que tenham centros de bancos de sangue.

Além disso, para seu pet poder ser doador, ele deve estar dentro de certos critérios, criados para garantir a saúde e bem-estar do animal doador e do receptor.

“Normalmente, os animais precisam ser adultos (1 a 8 anos) e saudáveis. Os cães precisam pesar a partir de 25 kg e os gatos a partir de 4 kg. Precisam ter vacinação e vermifugação em dia”, comenta a especialista. As doações podem ocorrer a cada três meses.

Mais notícias como essa

Moda

Nesse momento de oscilação entre frio e calor conhecido como meia-estação, é preciso peças que se adaptem bem a diferentes temperaturas

Estilo de Vida

Influenciadora e especialista em Lei da Atração, Nanda Silveira lista as melhores técnicas de manifestação para encontrar sua alma gêmea

Astrologia

Saiba qual das fases da lua é a melhor para cada tipo de procedimento, tratamento ou mudança nos cabelos e por quê

Receitas

Com essas dicas, preparar um feijão delicioso e com o caldo na consistência certa vai ficar muito mais fácil