Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Higienização correta dos alimentos é primordial para evitar a intoxicação alimentar e garantir a saúde e o bem-estar
Higienizar e armazenar os alimentos corretamente é fundamental para prevenir a intoxicação alimentar - Foto: Shutterstock

Receitas

Intoxicação alimentar: veja como manusear os alimentos de forma segura

Higienização correta dos alimentos é primordial para evitar a intoxicação alimentar e garantir a saúde e o bem-estar

A higienização correta dos alimentos é fundamental para reduzir o risco de transmissão de doenças e garantir a segurança alimentar. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada ano, cerca de 600 mil pessoas morrem de intoxicação alimentar e 420 mil adoecem após ingerirem alimentos impróprios para consumo.

A falta de higiene ou conservação incorreta dos alimentos pode provocar doenças como salmonelose, hepatite viral tipo A e toxoplasmose, além de intoxicações alimentares decorrentes de alimentos com substâncias tóxicas, incluindo as toxinas produzidas por microrganismos, como bactérias e fungos. 

Para ajudar a prevenir o desenvolvimento desses problemas, a nutricionista da Água Doce Sabores do Brasil, Tamiris Pitana, trouxe dicas sobre a forma correta de manusear diversos tipos de alimentos com segurança, para oferecer uma alimentação saudável e sem riscos de contaminação. Veja abaixo:

Higienização de hortifruti

Selecione as folhas boas e lave uma a uma em água corrente. Lave também os legumes e frutas – somente os que forem consumidos ou utilizados para enfeites, porém ambos devem ser higienizados antes de qualquer corte, ou seja, com casca e/ou folha. 

Prepare uma solução clorada, utilizando a medida de 1 colher de água sanitária para cada litro de água. É importante verificar no rótulo do produto se é indicado para usar em alimentos. Em seguida, coloque as folhas, legumes ou frutas até ficarem imersos na água e aguarde por 15 minutos. 

Feito isso, enxague o alimento em água corrente para retirar todo o resíduo do produto, coloque em vasilhas higienizadas, cubra com plástico filme e mantenha refrigerado até o consumo.

Descongelar alimentos 

Neste processo, o produto começa a degelar primeiro na superfície, sendo uma abertura para proliferação de microrganismos, enquanto o interior se mantém congelado. Todo o descongelamento deve ser realizado em temperatura controlada. 

Seja em refrigerador de até 5°C ou em temperaturas maiores proporcionando um descongelamento acelerado para consumos imediatos, para não correr o risco de contaminação. O descongelamento também pode ser feito em forno micro-ondas. 

Após descongelar qualquer tipo de carne, não devemos lavá-la antes do preparo. Ao utilizar a água para lavar o insumo em questão, além de não ser eficiente na remoção de bactérias, isso ajuda na proliferação de bactérias causadoras de doenças.

Cocção dos alimentos

A cocção ou preparo dos alimentos é um fator importante para prevenir a contaminação. O procedimento elimina bactérias por meio de elevação de temperatura, que deve atingir 74ºC no centro do alimento, para matar os micróbios. 

Por este motivo, certifique-se que sua receita ou prato esteja aquecido por completo e não apenas na parte exterior. Também se lembre que algumas toxinas produzidas pelas bactérias podem voltar a se proliferar caso o alimento seja exposto à temperatura ambiente por muito tempo.

Armazenamento dos produtos

Utilize o sistema PVPS, que nada mais é que o primeiro a vencer deve ser o primeiro a ser consumido, ou seja, posicione os produtos com data de fabricação mais antigas na frente para facilitar a visualização. Os alimentos não devem ser armazenados junto com itens de limpeza, químicos ou de higiene. 

Além disso, os produtos devem estar afastados pelo menos 10 cm da parede e 60 cm do teto e não podem ter contato direto com o chão. Todos os procedimentos permitem a circulação de ar entre os alimentos. 

Outro ponto de atenção é manter afastado produtos industrializados, como conservas e enlatados, de grãos e cereais para evitar infestação de insetos. Para manter a despensa organizada, todas as mercadorias devem ser retiradas de embalagens secundárias como, por exemplo, caixas de papelão ou sacos de papel.

Mais notícias como essa

Receitas

Colocar alguns alimentos no micro-ondas pode não ser adequado ou mesmo se mostrar perigoso; saiba quais não devem ir no eletrodoméstico

Estilo de Vida

A prática de exercícios físicos durante a menstruação pode trazer benefícios para o bem-estar físico e emocional

Receitas

Alimentos termogênicos aumentam a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e promovendo a queima de gordura

Pets

Saiba como se preparar para garantir a segurança e o bem-estar do seu animal de estimação durante a viagem