Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Hábito de coçar os olhos, uso da lente de contato no banho e durante o sono provocaram a perda da visão
Uso de lente de contato é seguro, mas exige alguns cuidados - Foto: Shutterstock

Saúde

Lente de contato: veja os cuidados para evitar a perda de visão

Hábito de coçar os olhos, uso da lente de contato no banho e durante o sono provocaram a perda da visão

Em menos de uma semana a estudante de veterinária, Lara Brandão Tironi atingiu mais de 9 milhões de visualizações no TikTok com um relato de como ficou cega do olho direito pelo uso incorreto de lente de contato.

Lara conta que usava óculos para corrigir a miopia e no final do ano passado comprou um par de lentes de contato em uma ótica com a receita dos óculos, mas sem orientação de um oftalmologista. 

“Eu sempre tive mania de esfregar o olho. Também tomei banho usando lente”, relata. Na troca de mensagens com os seguidores comenta que também dormiu usando lente. Um dia acordou enxergando tudo embaçado e buscou por consulta oftalmológica.

“Tive uma laceração na córnea e ceratite por Acanthamoeba, um protozoário que me tirou a visão do olho direito”, afirmou Lara, que fez o post para alertar os seguidores sobre o risco do uso incorreto da lente de contato.

Importância da prescrição

Para o oftalmologia Leôncio Queiroz Neto, do Instituto Penido Burnier, o primeiro erro cometido por Lara foi usar a receita dos óculos para comprar lente de contato. Isso porque, a prescrição não é igual. “A lente de contato fica apoiada na córnea e por isso oferece melhor correção e campo visual que os óculos”, explica.

O profissional ressalta que a boa adaptação à lente de contato inclui avaliação da lágrima curvatura e relevo da córnea, exame de refração, fundo de olho e adaptação de uma lente teste antes da prescrição definitiva, e que nem todos podem usar. 

“A lente de contato fica apoiada na borda da córnea. Para evitar lesões por atrito, em alguns casos é necessário primeiro tratar o olho seco, síndrome cada vez mais frequente com o intenso uso de telas por todas as idades”, pontua. 

Risco de perda de visão

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a ceratite é uma das maiores causas infecciosas para a perda de visão no mundo. Ela pode ser causada por vírus, bactérias, fungos, lesões na córnea e até pela exposição prolongada ao sol.

O especialista explica que a ceratite amebiana, provocada pela espécie Acanthamoeba, é a mais temida pelos oftalmologistas porque o micro-organismo tem duas fases de vida e por isso sua erradicação do olho é mais difícil. 

De acordo com o profissional, a Acanthamoeba sobrevive no limbo dos estojos de lente de contato higienizados com soluções de ação única. Por isso, ele observa que o mais seguro é utilizar soluções com 0,6 por cento de peróxido de carbono que têm ação dupla.  

“Está comprovado que só este tipo de solução elimina as duas fases de vida da Acanthamoeba. O tipo de solução higienizadora utilizada explica porque este protozoário pode contaminar inclusive os olhos de quem usa lente de contato há anos”, comenta.

Sintomas da ceratite

Os principais sintomas da ceratite são: dor intensa, diminuição da visão, olhos vermelhos, lacrimejamento e grande sensibilidade à luz. Leôncio afirma que quanto antes for iniciado o tratamento, menores são as sequelas para a visão. 

Assim, ao notar esses sintomas, ele recomenda buscar ajuda oftalmológica imediata, e não utilizar nenhum tipo de colírio nos olhos. A instilação de colírio com corticoide em uma ceratite por Acanthamoeba pode causar perfuração do olho e perda do globo ocular.

Prevenção

As recomendações do oftalmologista para prevenir a contaminação da córnea em pessoas que usam lente são:

  • Faça a adaptação com um oftalmologista;
  • Lave e seque as mãos antes de manusear a lente;
  • Esfregue e enxague as lentes e o estojo com solução higienizadora de dupla ação com 0,6% de peróxido de hidrogênio;
  • Em caso de sensibilidade à solução higienizadora enxague com uma ampola de soro fisiológico antes de colocar as lentes nos olhos;
  • Troque a solução do estojo diariamente e o estojo a cada 3 meses;
  • Higienize diariamente os cílios com xampu neutro;
  • Retire as lentes antes de dormir;
  • Nunca entre no banho, mar ou piscina usando lente de contato;
  • Não use lente vencida;
  • Caso sinta algum desconforto com sua lente interrompa o uso;
  • Lembre-se: Lentes desconfortáveis sinalizam depósitos e necessidade de higienização profissional;
  • Mantenha os olhos hidratados com colírio lubrificante;
  • Retire as lentes antes de remover a maquiagem e quando usar spray no cabelo;
  • Coloque a lente antes da maquiagem;
  • Retire as lentes em voos de mais de 3 horas.

Tratamento

O tratamento da ceratite por Acanthamoeba pode demorar meses e evitar o transplante quando é iniciado logo no início da contaminação. “Embora o transplante tenha evoluído bastante, pode ocorrer rejeição e a manutenção da integridade do olho é sempre melhor”, salienta Leôncio.

O tratamento inclui cauterização da lesão com clorexidina (1%), desbridamento da área lesionada, instilação combinada de clorexidina (0,02%), neomicina (0,5%) e metronidazol (0,4%).

O oftalmologista afirma que as lentes de contato são seguras, mas devem ser usadas corretamente. “Para quem não quer usar óculos, a opção mais prática é a cirurgia refrativa que corrige a miopia, hipermetropia e astigmatismo, e tem um risco muito menor que o das lentes de contato”, conclui.

Mais notícias como essa

Moda

Nesse momento de oscilação entre frio e calor conhecido como meia-estação, é preciso peças que se adaptem bem a diferentes temperaturas

Estilo de Vida

Influenciadora e especialista em Lei da Atração, Nanda Silveira lista as melhores técnicas de manifestação para encontrar sua alma gêmea

Astrologia

Saiba qual das fases da lua é a melhor para cada tipo de procedimento, tratamento ou mudança nos cabelos e por quê

Receitas

Com essas dicas, preparar um feijão delicioso e com o caldo na consistência certa vai ficar muito mais fácil